O portal Psicologia em Debate é elaborado e mantido por Siegfried Jorge Wehr, Doutor em Psicologia, e aborda temas relativos a relações afetivas, carreira, trabalho e stress. Sieg, como gosta de ser chamado, é psicólogo há mais de 20 anos. Leia mais...

 

              
Home Fatos atuais Qua, 14 de Novembro de 2018
Fatos Atuais
Fatos atuais comentados sobre a ótica do psicólogo Siegfried Jorge Wehr.

OPINIÃO 1 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Sieg   

Estamos condenados a sermos livres, como dizia Sartre. Exercemos o direito e a obrigação de escolha a todo momento, a cada instante. Quando nos decidimos por uma possibilidade na qual nos reconhecemos, abandonamos toda e qualquer hesitação, dúvida entre outras possibilidades. Deixamos de buscar ora um caminho e ora outro, às vezes influenciados pela conversa de alguém. Ao reconhecer essa possibilidade como sua, como constitutiva de si, de sua personalidade, e agir na fidelidade desta decisão abre o caminho para a realização de si, da personalidade como unidade. Em outras palavras, caminhamos em direção à totalidade de nosso Ser, é  o que alguns chamam de individuação, de auto-realização. A riqueza do mundo como possibilidade agora é por nós apropriado e se estabelece como riqueza interior, própria.

Última atualização ( Qua, 04 de Agosto de 2010 16:38 )
 
OPINIÃO 4 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Sieg   

LEVANTA-TE ANDA! Este é o subtítulo de reportagem "Brasileiros fazem rato voltar a andar" da seção CIÊNCIA do Jornal FOLHA DE SÃO PAULO de 24 de novembro de 2010, sobre estudos com células-tronco em cobaias para a regeneração de lesões na coluna, medula cervical com resultados positivos interessantes.  Os estudos parecem trazer esperança para muitas situações até agora tidas como impossíveis de regeneração, a maioria à espera de um milagre. 

Última atualização ( Qui, 25 de Novembro de 2010 01:36 )
 
OPINIÃO 3 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Sieg   

O que nos torna humanos é justamente a liberdade. Não é uma liberdade qualquer e muito menos licença para fazer o que quiser. A liberdade tem como polo oposto o destino. Este "aponta para esta situação na qual o homem se encontra, confrontando o mundo ao qual, ao mesmo tempo, ele pertence." A liberdade, como afirma Tillich, não é a liberdade de uma função (vontade), mas do próprio homem. E este não é uma coisa mas um eu completo. A vontade, muitas vezes é colocada no centro pessoal e muitas vezes confundida com a totalidade do eu. No entanto, é homem que é livre e toda e qualquer função está dentro desta liberdade. O todo precede as partes e lhes dá seu caráter de partes deste todo especial. 


Última atualização ( Qua, 24 de Novembro de 2010 14:12 )
 
OPINIÃO 2 PDF Imprimir E-mail
Escrito por Sieg   

SAÚDE PÚBLICA 

Conforme o Jornal "Folha de São Paulo" 28% dos cidadãos paulistanos sofrem de dor crônica. É um número significativo e pode aspectos importantes sobre o modo de vida da população em geral. Talvez todos tenham os mesmos problemas que as pessoas em geral, mas o fator stress que acompanha o modo de viver dos paulistanos pode estar entre os mais importantes contribuintes para essa situação. Podemos listar alguns dos estressores mais 'populares' como a dificuldade de locomoção na cidade, as imensas filas, o tempo que se perde no trânsito (quando anda), sono perturbado por motivos externos próprios da cidade e outros. Claro que cada pessoa tem seus problemas pessoais decorrentes de suas escolhas de vida e circunstâncias. Os estressores que vão por conta de políticas públicas pouco há o que fazer individualmente. Mas todos podem de alguma maneira melhorar sua qualidade de vida implementando algumas mudanças, às vezes pequenas, que tem a finalidade de simplificar o cotidiano aliviando o peso de uma vida em tantas turbulências como é a do paulistano.

Última atualização ( Qua, 24 de Novembro de 2010 14:11 )
 


Your are currently browsing this site with Internet Explorer 6 (IE6).

Your current web browser must be updated to version 7 of Internet Explorer (IE7) to take advantage of all of template's capabilities.

Why should I upgrade to Internet Explorer 7? Microsoft has redesigned Internet Explorer from the ground up, with better security, new capabilities, and a whole new interface. Many changes resulted from the feedback of millions of users who tested prerelease versions of the new browser. The most compelling reason to upgrade is the improved security. The Internet of today is not the Internet of five years ago. There are dangers that simply didn't exist back in 2001, when Internet Explorer 6 was released to the world. Internet Explorer 7 makes surfing the web fundamentally safer by offering greater protection against viruses, spyware, and other online risks.

Get free downloads for Internet Explorer 7, including recommended updates as they become available. To download Internet Explorer 7 in the language of your choice, please visit the Internet Explorer 7 worldwide page.

Secured by Siteground Web Hosting